Você é inseguro na hora de passar dados pelo celular/ computador ou já é do time que sai colocando nome e CPF sem medo nenhum na hora de realizar compras pela internet? Se a resposta foi sim para a primeira, continue lendo esta matéria. Agora, se foi sim para a segunda, é melhor você ler também.

O isolamento social imposto pela pandemia da Covid-19, fez as compras e pagamentos via smartphone aumentarem de 85% para 91%, de acordo com pesquisa feita pelo Panorama Mobile. Sendo assim, nota-se que os brasileiros estão migrando de forma definitiva para o uso do aparelho móvel quando se trata desses tipos de serviços.

Mais de 5 milhões de usuários compraram pela primeira vez no comércio eletrônico durante o segundo trimestre agora de 2020 e essa onda não deve ser passageira, já que muitos especialistas acreditam que a pandemia só fez adiantar o que naturalmente aconteceria no futuro.

Mas vamos ao que interessa: como se proteger nas compras pela internet?

Passo 1 – Vai baixar um app?

Antes de tudo, confira a autenticidade do aplicativo. Quando for fazer o download pelo celular, baixe apenas nas lojas ou sites oficiais da marca. Evite fazer o download de lojas de terceiros e caso esteja inseguro, confira a pontuação e comentários do app da Play Store.

Passo 2 – Você pega o seu cartão físico para comprar pela internet?

Primeiramente: evite o cartão físico, prefira o virtual. Quando vamos fazer compras pela internet utilizando o cartão virtual, é gerado um código instantâneo, que depois de algum tempo já não vale mais. Esse código de segurança atualiza-se a cada compra. Consequentemente, não há como gravá-lo, ou seja, é muito mais seguro!

Para acessar o cartão virtual, utilize o app do seu banco.

Passo 3 – Pesquise a reputação da empresa

Em suma, você pode utilizar dois sites: Consumidor.gov.br e o famoso Reclame aqui. Além de ver a pontuação de outros clientes sobre os serviços oferecidos pela marca/site, você vê como a empresa se comporta com relação aos problemas que as pessoas tiveram comprando com eles. Vale a pena conferir!

Passo 4 – Seja fera em descobrir se o site é seguro.

“Mas eu não entendo muito dessas coisas, como posso descobrir além de ver nos sites sugeridos acima?” Te ensinamos!

Sabe aquela barra de pesquisa do seu celular/ou computador que você digita o que quer encontrar? Pois bem, quando o site é seguro, tem o ícone de um cadeado no começo da barra de pesquisa. Veja a seguir:

Cuidados nas compras pela internet - exemplo da Magazine Luiza

Isso significa que o site tem protocolo de segurança e certificado HTTPS válido. “Mas o que é HTTPS?” Em resumo, é um protocolo de transferência de dados que garante a segurança do usuário.

Passo 5 – Desconfie de ofertas com preços “muito baixos”

Principalmente em época de Black Friday, a gente vê que o preço de quase tudo oscila e muito, mas caso você encontre um preço muito abaixo de outros sites, desconfie! Lembre-se: prefira os sites oficiais da marca.

Não tem erro! Seguindo os passos acima, fica muito difícil algum golpista conseguir lesar você no momento da compra. Mas, calma aí, ainda falta falar sobre o QR code, você já o usou em algum momento?

Cuidados para ter ao usar o QR Code

Golpes de phishing, assim são chamadas as famosas tentativas de fraudar os códigos dos estabelecimentos. Funciona da seguinte forma: o golpista substitui o QR Code principal do estabelecimento e quando a pessoa direciona a câmera para o código, cai direto em uma outra página maliciosa. Não só isso, só através da leitura de um QR Code “contaminado”, o celular pode automaticamente baixar um app que infecta o aparelho e rouba dados, principalmente os bancários.

Já abriu um cardápio pelo QR Code? Já utilizou essa mesma facilidade para fazer compras ou transições bancárias pelo mercado pagou ou Picpay, por exemplo? Ou até mesmo o atual e famoso PIX, que tem a opção de receber dinheiro por QR Code? Todos esses serviços estão sujeitos a golpes.

Como se proteger?

Atente-se para os QR code nas lojas, veja se há um adesivo por cima da imagem principal. Caso note algo, pergunte ao funcionário se o QR code foi atualizado. Não só isso, deixa o antivírus do seu celular sempre atualizado para que o aparelho evite e informe sobre a possível tentativa de navegação maliciosa.


Dados de segurança pedidos pela Hebrom Benefícios

Cuidados para ter nas compras pela internet - Hebrom Benefícios

Aqui na Hebrom, a contratação de plano de saúde e/ou odontológico é feita de forma online. Em muitos outros lugares, o procedimento é parecido, então falaremos quais dados são comuns de passar na hora de fechar o serviço.

1 – Nome, E-mail e Celular

Normalmente, quando a pessoa vê uma das nossas promoções no Google, ela clica na imagem e é encaminhada para uma das nossas páginas dentro do site. Lá, encontram um formulário e dados como nome, e-mail e celular são pedidos.

Caso a pessoa se interesse por algo nosso nas redes sociais, é necessário passar os mesmos dados.

2 – Interesses e preferências

Na segunda fase, quando a pessoa já está falando com um dos nossos consultores, será comum perguntas sobre onde a pessoa reside e se quer adicionar dependentes no plano de saúde. Isso porque, o preço do serviço varia conforme localidade e quantidade de pessoas.

3 – Proposta aceita

Já com todas as questões bem definidas e o cliente decidido a fechar o plano, dados como RG, CPF, número da carteirinha do SUS, comprovante de enderenço e Holerite/carteira de trabalho são solicitados. As informações servem para que o consultor de vendas consiga fazer o contrato.

4 – Validação do Contrato

Com o contrato encaminhado via e-mail pelo consultor, é hora do cliente verificar se as informações no documento estão corretas e dar o “aceite”. No final do arquivo, haverá um botão destacado e o clique nele significa que a pessoa “leu e concordou com os termos de uso”. É rápido, prático e seguro.

Feito isso, a pessoa será oficialmente um dos clientes Hebrom e receberá uma senha provisória no e-mail para acessar o “portal do cliente” e desfrutar das facilidades do plano de saúde.

Quer conhecer um pouco mais sobre a Hebrom e comparar os valores dos planos de saúde que oferecemos? Entre no site e não perca mais tempo.

O que achou do post? Deixe aqui seu comentário. :)