Alguns cuidados podem fortalecer a imunidade dos seus filhos e ainda ajudar a protegê-los na estação mais frias do ano das doenças do inverno.

Durante o inverno, a temporada de gripes e resfriados atinge principalmente crianças – a maior parte das hospitalizações se dá até os 5 anos. Tudo porque o organismo delas ainda não sabe se defender totalmente, o que faz com que muitos vírus e bactérias aproveitem a baixa imunidade para ocasionar as doenças comuns do frio.

Primeiramente, vamos entender quais são as doenças mais comuns.

BRONQUIOLITE

Dificuldade para respirar, obstrução nasal, coriza e tosse: esses são os sintomas da Bronquiolite, uma das principais doenças responsáveis pelo aumento de internações em bebês de até 2 anos durante o inverno. A transmissão acontece pelo ar ou por contato com objetos contaminados.

GRIPE E RESFRIADO

Ambas as doenças têm sintomas parecidos, porém a gripe compromete mais a saúde da criança. A febre, por exemplo, chega a mais de 38 °C, acompanhada de dor de garganta, dor no corpo, cansaço e até diarreia.

PNEUMONIA

Infecção aguda que atinge os pulmões. A Pneumonia se dá por um vírus ou bactéria podendo ser decorrente de resfriado, bronquite e gripe mal curada. Os sintomas são tosse, febre alta, dor no tórax, respiração acelerada e chiado no peito.

BRONQUITE

Antes de mais nada, é preciso esclarecer: Bronquiolite e Bronquite não são a mesma coisa. A primeira é uma doença aguda que acomete principalmente os bebês, já a Bronquite é uma inflamação dos brônquios, podendo ser aguda (causada por vírus ou bactérias) ou crônica (causada pelo cigarro, por exemplo).

SINUSITE

Outra doença de inverno bastante popular é a sinusite. Pode ser decorrente de resfriados não tratados, alergias respiratórias e problemas na própria anatomia do nariz. Como resultado, a inflamação causa dores na região ao redor do nariz e dos olhos.

Como evitar as doenças do inverno?

Para que as crianças não se tornem vítimas das doenças do inverno, o melhor a se fazer é prevenir. Dessa forma, colocar em prática alguns cuidados poderão fazer a diferença e dar um “up” na saúde dos pequenos.

Alimentação saudável é fundamental! Alimentos que apresentam a vitamina C como laranja, acerola e caju funcionam bem. Ingerir bastante líquido também é um método preventivo.

Muitos pais na intenção de proteger os filhos de gripes e resfriados, não os deixam sair ao ar livre, porém é importante que a criança faça exercícios fora de casa, brinque na terra e corra descalça, logo, essas atividades precisam ser estimuladas, pois aumentam e fortalecem o sistema imunológico.

Para eliminar os ácaros, coloque edredons e cobertores ao sol antes de utilizá-los, mantenha a casa arejada e higienizada. Não podemos esquecer da vacina! Certifique-se de que a imunização dos pequenos contra gripe e bactérias esteja sempre em dia e, com esses cuidados, seu filho estará ainda mais preparado para enfrentar as doenças do inverno.

Gostou do conteúdo? Compartilhe com amigos em suas redes sociais.

Leia mais

O que achou do post? Deixe aqui seu comentário. :)