Os benefícios de respirar de forma correta vão desde a diminuição nos riscos de doenças até correção na postura corporal e relaxamento. Confira mais detalhes em nosso post! 

Primeiramente, é preciso dizer: respiramos errado!

A habilidade de respirar usando o diafragma (um músculo em forma de cúpula que fica abaixo dos pulmões) vai se perdendo conforme crescemos. Isso porque, devido ao estresse, pressão, ansiedade e outros problemas, o mecanismo responsável por oxigenar os nossos pulmões de forma correta vai diminuindo a intensidade de sua função, fazendo com que a maioria das pessoas respirem como se ele não existisse.

Não entendeu? Respira!

Este simples GIF pode acabar com a sua ansiedade agora mesmo ...

Antes de tudo, vamos ver qual a diferença entre a respiração torácica e diafragmática.

A respiração torácica é concentrada no peito e na parte superior dos pulmões, fazendo com que os batimentos fiquem mais rápidos. Observe seu corpo e caso note que – ao respirar – seu ombros e peitos subam mais que o abdômen, significa que você está respirando pelo tórax, ou seja, mais rápido. Dessa forma, ocorre mudanças em todo o organismo. O resultado é uma menor oxigenação do corpo e um aumento das reações fisiológicas, como tensão muscular, dores de cabeça e ansiedade.

A falta de informação sobre a maneira saudável de respirar gera problemas que atingem vários setores da vida humana. Portanto, vamos listar os principais benefícios que a respiração correta gera na saúde física e mental.


Benefícios de respirar BEM


1. Diminui o risco de doenças

A respiração diafragmática permite uma melhor oxigenação no nosso organismo, sendo assim, nosso sistema funciona da maneira correta. Além da detoxificação natural e aumento da capacidade respiratória, a concentração de açúcar em nosso sangue é reduzida, isso faz com que nossas reações às doenças provocadas pela substância sejam mais fortes.

2. Respirar bem ameniza o cansaço

Respirar da forma certa pode diminuir o cansaço físico. Isso porque a fadiga está ligada a uma oxigenação pobre do corpo. O diafragma é um detoxificação natural, ou seja, trabalha na contramão do problema, aumentado a energia e a produtividade.

3. Sua postura corporal melhora

Para que a prática da respiração diafragmática funcione, é necessário alinhar a postura corporal. Em longo prazo, o movimento é decorado pelo corpo e a pessoa passa a ter uma postura melhor sem nem perceber. Como resultado, há diminuição das dores nas costas e melhor digestão dos alimentos.

4. Alivia o estresse e ajuda na ansiedade

Os primeiros passos para eliminar o mal-estar, ter equilíbrio e, por fim, alcançar o relaxamento, se dá através da prática certa da respiração diafragmática. Portanto, tente respirar pela barriga é veja que é um exercício que relaxa, capaz de atingir todo o sistema nervoso e nos deixar em equilíbrio com as nossas emoções.

5. Respirar bem controla a pressão arterial

Como dito acima, respirar bem alivia o estresse. Dessa forma, se o coração tá menos estressado, logo, a pressão arterial fica mais controlada. Isso porque a função do coração é bombear sangue oxigenado para o corpo e a respirar de forma certa permite melhor oxigenação. Como resultado, o coração não precisaria mandar grandes quantidades de sangue para garantir a sobrevivência das células do nosso corpo, o que resultaria em um “descanso” para o músculo, fazendo com que ele faça sua função de forma mais relaxada.

6. GABA: Calmante natural

Gaba (ácido gama aminobutírico) é o principal neurotransmissor inibitório do sistema nervoso causado pelo efeito calmante da respiração. Afinal, ele inibi atividades cerebrais desnecessárias – as que causam estresse, por exemplo. Respirar de forma certa auxilia a liberação desse neurotransmissor no cérebro, fazendo com que ele se torne um calmante natural.

7. Preserva as funções cognitivas

O cérebro é um dos órgãos que mais precisa de oxigênio. A falta do elemento químico no órgão pode levar à morte de neurônios e interferir nas nossas habilidades cognitivas, podendo resultar em danos cerebrais irreversíveis. O cérebro utiliza cerca de 20% do oxigênio do corpo, sendo assim, é importante que ele seja bem oxigenado para funcionar bem.


Teste para saber se você respira certo

Coloque uma mão no tórax e outra no abdômen e inspirar profundamente. Se a parte torácica é a que aumenta de tamanho, você está fazendo errado.

Como fazer a respiração diafragmática?

  1. Escolha uma posição que seja confortável para você: sentado com a coluna ereta ou deitado;
  2. Coloque suas mãos sobre o abdômen, entre o esterno e o umbigo. Conte até quatro, inspire pelo nariz, de modo que sinta os pulmões enchendo de ar e o abdômen subindo;
  3. Segure o ar e o prenda nos pulmões enquanto conta até oito;
  4. Ao expirar, conte até quatro enquanto esvazia o ar dos seus pulmões e barriga pela boca;
  5. Repita o processo duas ou três vezes.

Gostou do conteúdo? Compartilhe com amigos em suas redes sociais.


Leia também

1 comentário

O que achou do post? Deixe aqui seu comentário. :)