fbpx

França, Líbano, México, Itália…prepare 6 pratos leves, nutritivos e de variadas nacionalidades para surpreender sua família neste verão.

Quando o verão chega, nosso corpo pede uma alimentação mais leve, com mais opções de legumes, verduras e frutas em nosso cardápio, certo? Isso porque nosso organismo é capaz de adaptar o metabolismo de acordo com o ambiente em que estamos e, em dias mais quentes, ele precisa aumentar a circulação de sangue para manter a temperatura corporal em níveis normais.

Sob o mesmo ponto de vista, se fazemos uma refeição pesada, esse volume de sangue é direcionado para o aparelho digestivo, para auxilio na digestão dos alimentos e, muitas vezes, causando sensação de cansaço, sono e mal-estar. Mas, na maioria das vezes, não temos tempo, disposição nem ao menos criatividade para pensar em cardápios diferentes do que estamos acostumados, não é mesmo?

Além disso, os preços dos alimentos têm subido cada vez mais e precisamos otimizar nas compras, o que muitas vezes, limita o acesso a ingredientes diversificados.

Mas calma! Pensando em tudo isso, selecionamos 6 pratos leves e saudáveis para que você e sua família possam usufruir do verão de forma nutritiva, econômica e criativa.

Listamos abaixo receitas tradicionais de diversas nacionalidades para que a sua experiência a mesa seja ainda mais expressica A vantagem destes pratos está nos ingredientes frescos, acessíveis, bem como na facilidade de preparo. Portanto, não é preciso ser nenhum Mestre Cuca para colocar a mão na massa. Preparada?

Antes de começar, vale ressaltar que o consumo de líquidos como sucos naturais, água de coco e água é tão importante como se alimentar bem e devem ser intensificados nesse período, pois ajudam a repor perdas híbridas e sais minerais.

Vamos lá? Acredite, você se sentir muito melhor depois de experimentar essas delícias.

Pratos leves para o verão:

Salada de grão de bico – Índia

O grão de bico, apesar de ser uma leguminosa bem popular no sul do Brasil, é de origem asiática e muito nutritiva. Muito comum na Índia, chegou em terras brasileiras trazida pelos espanhóis e desde então, vem ganhando cada vez mais espaço nas mesas das regiões sul e sudeste. Conheça esta receita bastante original e nutritiva:

  •  2 1/2 xícaras de chá de grão-de-bico cozido
  • 1 cebola cortada em rodelas
  • 1 abobrinha grande cozida cortada em cubos
  • 20 tomates cereja cortados ao meio
  • Pitada de sal
  • 1/2 Cenoura
  • 1 xícara de chá de maionese
  • 1 pé de alface pequeno
Modo de preparo:

Numa frigideira, doure a cebola numa colher de sopa de azeite. Em uma tigela grande misture o grão-de-bico, a abobrinha, a cenoura, os tomates, a cebola e tempere com o sal. Em seguida, acrescente a maionese e orégano e misture delicadamente até que fique homogêneo. Reserve. Forre uma saladeira ou prato grande com as folhas de alface. Cubra com a salada reservada e sirva em seguida ou mantenha em geladeira até o momento de servir. Por certo, ficará incrível!

Gaspacho – Espanha

Uma sopa da região de Andaluzia na Espanha, o Gaspacho é um prato rústico e muito saboroso a base de água, pão, tomate, vinagre, azeite de oliva e sal, e era consumida fria na época de verão e que ganhou o mundo com opção de aperitivos e entradas durante os dias mais quentes. Em resumo, hoje o prato é encontrado em diversos cardápios nos mais variados países do mundo, principalmente os tropicais. Dá uma olhadinha na receita e veja como é fácil fazer:

  • 6 tomates maduros
  • 1/2 pepino pequeno
  • 1 pedaço de pimentão verde
  • 1 dente de alho
  • Miolo de 2 pães franceses “de ontem”
  • 3 colheres de sopa de azeite de oliva
  • 1 colher de sopa de vinagre
  • 1/2 litro de água
  • Sal
Modo de preparo

Primeiramente, remova a casca dura dos pães, deixando somente o miolo em pedaços; Em seguida limpe os tomates, retirando os talos e descasque o pepino, reservando um pedaço para a finalização; Logo depois, pique os tomates, pepino, alho e pimentão verde e coloque tudo, juntamente com os pães, o azeite, vinagre, água e sal, em uma jarra de liquidificador e triture tudo, até que fique com a consistência de um creme avermelhado e homogêneo;

Transfira o creme para uma tigela, coando-o, e reserve no refrigerador por cerca de 1 hora; Para servir, pique o pedaço reservado de pepino em pequenos cubos e polvilhe sobre a sopa. Logo depois, você pode colocar uma pitada de pimenta do reino e, se for adepto as sementes superpoderosas, incluí-las como decoração do prato.

Caponata – Itália

 Não apenas pelo seu sabor, a Caponata é um prato típico da culinária da Sicília no sul da Itália que encanta diversos paladares. Além de ser muito leve e saudável é de fácil preparo e muito versátil. A receita consiste em beringela salteada num refogado de tomate e cebola em azeite, temperado com alcaparras, vinagre e açúcar. Dessa forma, pode ser servido como prato principal em bowls ou acompanhado de saladas e pães.

  • 4 berinjelas cortadas em cubinhos
  • 1 abobrinha cortada em cubinhos
  • 2 tomates cortados em cubinhos
  • 1 cebola cortada em cubinhos
  • 4 dentes de alho
  • Azeite
  • Alecrim
  • Sal a gosto
Modo de preparo

Primeiramente, corte todos os legumes em cubinhos bem pequenos. Disponha todos os ingredientes em um tabuleiro, de forma a ficarem bem espaçados. Ajuste o sal, regue com azeite, e por último, tempere com o alecrim. Desse modo, coloque em forno pré-aquecido a 260ºC por mais ou menos uma hora e meia, sempre mexendo a assadeira para assar de maneira uniforme. Enfim, sirva com fatias de torradas ou pães e salada verde. Sem dúvida, será um sucesso!

Pratos leves para o verão:

Tabule – Líbano

Antes de tudo, o Tabule é um prato árabe, mais especificamente do Líbano muito saudável e saboroso. A origem da palavra é derivada da raiz (TBL) e significa misturar vegetais, oriunda do verbo imperativo da língua Caldeia, quando o povo misturava todos os tipos de vegetais num prato e os oferecia aos sábios. Como resultado, este tradicional prato é feito principalmente de triguilho, tomate e hortelã, com suco de limão, pimenta e vários temperos e pode ser servido de forma democrática com legumes, pastas e até carnes como kibe assado.

  •  1 xícara de chá de trigo fino para quibe
  • 2 tomates médios sem sementes e picados
  • ½ xícara de chá de salsinha picada
  • Folhas picadas de ½ maço pequeno de hortelã
  • 2 pepinos japoneses médios descascados e sem sementes
  • 1 cebola média descascada e picada
  • 3 colheres de sopa de azeite de oliva
  • Sal a gosto
  • 1 colher de chá de pimenta síria em pó ou por outra pimenta que já tiver em casa
Modo de preparo

Antes de tudo, lave o trigo, escorra e coloque em uma tigela com 1 litro de água. Deixe de molho por 1 hora. Em seguida, escorra e tire o excesso de água do trigo apertando bem (com as mãos). Coloque em uma tigela. Junte os tomates, a salsinha, a hortelã, os pepinos, a cebola, o azeite de oliva, o sal e a pimenta-síria. Misture até ficar homogêneo. Para finalizar, sirva com pão-sírio e limão e decore com folhas de hortelã.

Guacamole – México

guacamole é uma iguaria típica mexicana, servida com uma grande variedade de pratos. É basicamente um puré de abacate bem temperado que tem sido exportado para todas as partes do mundo e se tornando cada vez mais popular. De acordo com o Wikipédia, o nome “guacamole” tem origens indígenas: “Ahuacatl” (abacate) e “mole”, um nome genérico para “molho”. A guacamole pode ser servida com nachos e até como molho para massas e verduras.

  • 1 abacate maduro
  • 1 tomate sem sementes picado
  • 1/2 pimentão vermelho picado
  • 1 pimenta-dedo-de-moça picada
  • 1/2 xícara (chá) de coentro picado
  • Suco de 1 limão
  • Sal a gosto
Modo de Preparo

Em primeiro lugar, com uma faca, corte o abacate ao meio e retire o caroço. Com a ajuda de uma colher, retire a polpa e coloque numa tigela. Adicione todos os ingredientes picados à tigela com o abacate e misture bem. Tempere com o suco de limão, sal e por fim, deixe alguns minutinhos na geladeira. Certamente, você irá se surpreender com o sabor.

Mini panquecas de cenoura e atum – França

Por fim, surgida na França, a panqueca faz parte da culinária francesa a milhares de anos. Quer saber uma curiosidade do prato? Acredita-se que a primeira panqueca tenha se originado quando uma mulher derramou, de forma acidental, um pouco do mingau no fogão e percebeu que tal substância cozinhava rapidamente, era de fácil manuseio e possuía um sabor muito agradável. Desta forma, o prato pode ser acompanhado de molhos e recheados com os mais variados ingredientes, como tomatinho cereja, frango e outros legumes de sua preferência. Abuse de temperos naturais, como alecrim, manjericão e cheiro verde, por exemplo.

  • 1 xícara de chá de leite desnatado
  • Uma clara
  • Cenoura pequena picada ou qualquer outro legume que você já tenha em sua geladeira!
  • 1 xícara de chá de farinha de trigo
  • 1 colher de chá de creme vegetal
  • Sal
  • 1 lata de atum light escorrido
  • 1 xícara de chá de maionese
  • Salsinha picada
  • 2 pés de alface variados
Modo de Preparo

Bata no liquidificador o leite, a clara, a cenoura, a farinha, o creme vegetal e o sal. Reserve. Posteriormente, unte uma frigideira pequena, despeje 1 colher de sopa da mistura e espalhe até obter uma panqueca pequena. Quando começar a soltar a lateral, vire com uma espátula para dourar o outro lado. Retire e reserve. Em seguida, faça o mesmo até terminar a massa. Reserve e deixe esfriar. Agora, junte em uma tigela média o atum, a maionese e a salsinha. Misture. Por conseguinte, coloque no centro de cada panqueca uma porção do recheio e enrole. Sirva cada panqueca sobre uma folha da alface crespa e enrole. Em uma travessa coloque a alface picada e sobre ela as panquecas. Sirva em seguida. Sem dúvida, uma opção deliciosa para o seu jantar!

Gostou das sugestões de pratos para esse verão? Então confira outras matérias em nosso blog sobre saúde de bem-estar. Clique aqui.

Fonte das receitas: Tudo Gostoso.

O que achou do post? Deixe aqui seu comentário. :)