Todos nós sabemos que uma boa saúde bucal diminui o risco de desenvolvimento de problemas dentários, certo? Além disso, acredita-se que usar apenas a escova e creme dental são suficientes para uma higiene adequada, no entanto, é necessário mais. Portanto, falaremos 5 dicas para ter dentes fortes e saudáveis.


5 hábitos para manter sua higiene bucal em dia

1. O fio dental é o melhor amigo do seu dente

O que acontece é que a escova não alcança o espaço entre os dentes e a sujeira vai se acumulando. As gengivas ficam avermelhadas e mais sensíveis. Segundo o Datafolha, apenas 57% dos brasileiros usam fio dental! Como resultado, podemos desenvolver desde uma simples cárie nos dentes até mesmo uma inflamação na gengiva (chamada gengivite) ou ainda sua versão mais severa, a periodontite – fase em que a sustentação dos dentes fica abalada e a perda dental se torna uma situação possível.

Fio dental antes ou depois da escovação?

Desde que os procedimentos sejam realizados corretamente, a ordem não vai importar. Mas, me diz, quem é que consegue passar o fio dental depois de escovar os dentes e acabar e ficar em paz? Lembre-se: o fio dental usa-se de dentro para fora, sem ser necessário colocar muita força.

É normal a gengiva sangrar ao passar o fio dental?

O sangramento não é normal! Isso indica que vocês está machucando sua gengiva escovando-a muito forte ou ela já está machucada, ou seja inflamada. Caso sangre frequentemente, procure um dentista o mais rápido possível.

2. Muito creme dental prejudica a escovação

O que ocorre é que quando colocamos muito creme dental na pasta, as cerdas da escova não conseguem alcançar os nossos dentes, como resultado a limpeza não é bem feita. E mais,  a escova deve ter cerdas macias e a escovação, duração de 2 minutos . Anota aí: a quantidade ideal de “pasta” é equivalente a um grão de ervilha.

Curiosidade: a escova de dentes mais antiga foi encontrada numa tumba egípcia de 3 mil anos a.C.

3. Você tem Bruxismo?

Você range os dentes quando está nervosa, ansiosa ou até mesmo quando está dormindo? Se a resposta por sim, você tem bruxismo. Esse ranger dos dentes é um distúrbio que atinge cerca de 15% da população (mulheres, na maioria) e tem a ver com o stress e agitação do dia a dia. Como solução, é necessário usar uma placa dentária na hora de dormir, para evitar a pressão ou o ranger de dentes durante o sono. Além disso, o dentista pode sugerir formas de reduzir o estresse e, portanto, o nível de bruxismo.

4. Sensibilidade não é causada por alimentos gelados e/ou quentes.

Sentir dor ao ingerir alimentos em temperaturas geladas ou quentes não é normal. A dor significa que a sensibilidade dentária já está instalada. Em resumo, a real causa do problema é a retração gengival, resultado de uma escovação feita com muita força ou inflamação.

5. Alimentação faz parte da saúde bucal

Atenção na hora de ingerir alimentos à base de açúcar e os que contêm amido, principalmente os pegajosos. Vale lembrar também que os alimentos ricos em acidez como, vinhos, vinagre, refrigerantes e sucos com frutas cítricas são os maiores causadores da desmineralização dos dentes, ou seja, processo que resulta em  cavidades nos dentes e, consequentemente, na cárie.

Curiosidade: a cárie é a 2° doença mais comum do mundo, perdendo apenas para o resfriado.

Agora que você já sabe o que fazer para manter sua saúde bucal em dia, não deixe uma boa escovação para o outro dia. A higiene bucal é extremamente importante e a prevenção é sempre o melhor caminho. Ah, não esqueça de visitar o seu dentista regularmente para uma limpeza profissional, é recomendado uma visite pelo menos a cada 6 meses.

Acha as consultas odontológicas caras e quer começar a cuidar de verdade da sua saúde bucal? Conheça os planos odontológicos da Hebrom, além de oferecer um serviço de qualidade, trabalhamos com preços que cabem no seu bolso.

O que achou do post? Deixe aqui seu comentário. :)