fbpx

Conheça mais á respeito das CAMPANHAS JULHO VERDE/AMARELO

No mês de Julho, iniciamos duas campanhas importantes para a saúde. Em seguida, separamos informações para o conhecimento, tratamento e prevenção dessas doenças, confira:

Campanha Junho Amarelo

Contudo, Julho é o mês de conscientização sobre as hepatites virais, campanha essa que tem como a finalidade de conscientizar a população sobre os riscos da doença; bem como alertar sobre as formas de prevenção e incentivar as pessoas a se vacinarem contra as hepatites A e B e buscarem o diagnóstico precoce e o tratamento.

jovem do sexo masculino sofrendo de dor de fígado e parecendo doloroso, vista frontal.

O que são as Hepatites?

Afinal, as hepatites virais são doenças provocadas por diversos agentes etiológicos conhecidos como vírus: A (HAV), B (HBV), C (HCV), D (HDV) e E (HEV). Elas são um grande problema de saúde pública, não só no Brasil, mas no mundo inteiro, destacando os tipos B e C. De acordo com os especialistas, esses dois tipos de vírus são os que mais preocupam as autoridades sanitárias, uma vez que podem evoluir e se tornarem crônicos; causando graves problemas no fígado, como cirrose e câncer. O tipo C, é o maior causador de óbitos por hepatites no país.

Dessa forma, a transmissão das hepatites ocorre por via sanguínea, através de relações sexuais desprotegidas ou compartilhamento de seringas e objetos cortantes, e de mãe para filho, durante a gravidez.

Incidência

Eventualmente, de 2000 a 2018, foram registradas 74.864 mortes no Brasil por causa das Hepatites. A hepatite C concentra 76% desses óbitos, segundo o último Boletim Epidemiológico de Hepatites Virais, publicado em julho do ano passado pelo Ministério da Saúde. Felizmente, nos últimos anos o tratamento contra esse tipo da enfermidade evoluiu consideravelmente — se seguido à risca, a chance de cura supera os 95%.

Prevenção

Assim, para evitar todos os tipos de hepatite é importante adotar medidas de prevenção, como vacinas, que estão disponíveis para hepatite A e B; Bem como o uso de preservativo nas relações sexuais; Evitar reutilizar materiais de uso único, como agulhas e evitar consumir alimentos crus e água não tratada. 

Dessa forma é possível evitar o desenvolvimento da hepatite, que é uma doença caracterizada pela inflamação no fígado que aumenta o risco da pessoa desenvolver câncer no fígado e cirrose, por exemplo. 

O alerta do Ministério da Saúde é para que a prevenção se torne um hábito, principalmente para evitar que a doença evolua para uma situação mais grave, pela falta de diagnóstico ou diagnóstico tardio (quando a doença já está em estado avançado).

Campanha Julho Verde

Da mesma forma, a Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Cabeça e Pescoço Julho Verde 2021, em sua sexta edição, tem início nesta quinta-feira (01/07) com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância do autocuidado e atenção aos primeiros sinais e sintomas da doença. Tudo para a obtenção de um diagnóstico precoce, ampliando as taxas de cura com menos sequelas. 

Mulher jovem verificando a glândula tireoide.

Incidência

Dessa forma, no Brasil, o câncer de cabeça e pescoço tende a atingir, anualmente, cerca de 35 mil a 40 mil brasileiros segundo levantamento do Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de boca e laringe. Atualmente, é o segundo câncer mais frequente entre os homens, atrás somente do câncer de próstata. Por outro lado, nas mulheres, é o quinto mais comum, ficando atrás do câncer de mama, tireoide, cólon e reto.

Prevenção

Contudo, cerca de 60% dos casos de câncer de cabeça e pescoço são diagnosticados tardiamente, aumentando as possibilidades de sequelas no paciente e diminuindo as chances de cura. Assim, um grande número de pessoas deixou de realizar exames regulares desde o início da pandemia de Coronavírus, o que contribuiu para dificultar o diagnóstico em estágio inicial. A ideia da campanha deste ano é reforçar a divulgação para aumentar a chance de sobrevida e de reabilitação a partir do diagnóstico precoce.

Como evitar

  • Primeiramente, não fumar e evitar o consumo de bebidas alcoólicas;
  • Do mesmo modo, ter alimentação rica em frutas, verduras e legumes, mantenha a boa higiene bucal e o peso corporal adequado.
  • Além disso, use protetor solar e evite exposição ao sol prolongada;
  • Usar preservativo (camisinha) na prática do sexo oral;
  • Recomendo a vacinação do HPV para os meninos de 11 a 14 anos e para meninas de 9 a 14 anos.

Este ano, a divulgação da campanha da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço (SBCCP) ganha ainda mais importância devido ao impacto causado pela pandemia a 43% dos pacientes em tratamento de câncer, segundo levantamento do Instituto. A Organização Mundial da Saúde (OMS) também reconhece os resultados negativos da pandemia no tratamento do câncer.

As Campanhas Julho Verde/Amarelo tem como principal finalidade alertar e conscientizar a população sobre as Hepatites e o Câncer de Cabeça e Pescoço, doenças preocupantes; a prevenção deve ser feita desde cedo, então lembre-se: Cuide de sua saúde e visite frequentemente um profissional de saúde de sua confiança!

Fonte:
https://bityli.com/Weql8; https://bityli.com/i4d7W

O que achou do post? Deixe aqui seu comentário. :)