A melhor idade, fase de vida da população acima de 65 anos e também chamada de terceira idade, vem crescendo significativamente no Brasil.

De acordo com o IBGE, em 2018, essa faixa etária alcançou 30 milhões de pessoas e a expectativa é que este número aumente ano após ano. Isso mesmo! Estudos apontam que em 2030, o contingente da melhor idade será maior do que o de crianças e adolescentes de até 14 anos, ou seja, vida longa a melhor idade! No entanto, em um passado não muito distante, entrar na casa dos “60 e poucos anos” era ser introduzido a uma fase triste, solitária e de puro ócio. Felizmente, isso tem mudado e cada vez mais idosos têm aproveitado o tempo pós aposentadoria para se cuidar, se conhecer e melhorar a qualidade dos seus dias.

Sim, a terceira idade evoluiu e está determinada a cuidar da saúde e viver cada vez mais e muito melhor.

Por consequência dessas transformações, os resultados dessa evolução mostram um aumento da expectativa de vida dos brasileiros – hoje de 75 anos – e o crescimento de mercados especializados nesse segmento. É o caso de agências de turismo, academias, cursos e espaços de lazer, por exemplo, focados especialmente em atender a demanda desta faixa etária. Todo esse movimento possibilita que a rotina desses idosos seja dinâmica, feliz e sim, considerada a “melhor idade” para se estar. Quer saber quais atividades contribuem para o aumento da qualidade de vida e longevidade nesta fase?

Listamos abaixo algumas para viver mais e melhor:

1 – Caneta e papel não são coisas do passado

Deixe a televisão, o celular e o computador um pouquinho de lado.  Em outras palavras, é hora de trabalhar o cérebro através de jogos como palavras cruzadas ou caça palavras impressos, são excelentes alinhados para exercitar a atividade mental. Além deles, jogos de tabuleiro, cartas e jogos de imagens, colaboram para a concentração e memória. Quer outra dica valiosa? A leitura continua sendo a grande aliada da mente humana. Além de ampliar o conhecimento, torna-se uma ótima e fiel companhia.  

2- Tomar sol

Você sabia que o sol ajuda a combater diversas doenças além de auxiliar no tratamento de outras? Ele ainda melhora nosso humor e nos deixar mais dispostos e felizes. Por isso, a recomendação são banhos de sol ao menos 3x por semana antes das 10h ou após as 16h, por média de 20 minutos. Esse período já é o suficiente para receber os benefícios dos raios solares.

3 – Rede de contatos

Mantenha contato frequente com as pessoas que gosta. Não apenas a convivência mas a interação social desenvolve o senso de bem-estar e felicidade. Filhos, netos, amigos, vizinhos, colegas da comunidade e até mesmo contatos das redes sociais. Isso porque tais relações são fontes de proteção e manutenção da saúde mental e física e te nutrem de conteúdo e propósito.  Do mesmo modo, é importante lembrar que a qualidade é mais importante que a quantidade, ok?

4 – Movimente-se

É provável que esta seja a mais importante das atividades: se manter ativo e em movimento. Caminhadas pelo bairro, dançar em frente à televisão, alongamentos, yoga, hidroginástica, varrer a casa, subir escadas, seja como for…o que importa mesmo é movimentar-se constantemente, ao menos 3x por semana, durante 40 minutos.

Dica: Leia a matéria para o blog, ” 5 exercícios fáceis de serem reproduzidos em casa”, clicando aqui.

5- Dieta balanceada

Não é segredo para ninguém que as frutas, verduras e legumes devem fazer parte de todas as refeições do dia para quem busca uma dieta saudável. Varie, acima de tudo, nas cores e no preparo e deixe seu prato muito mais nutritivo e saboroso. Pode parecer besteira, mas isso faz toda a diferença para a sua saúde.

Além deles, de acordo com o site Saúde Brasil do Ministério da Saúde, “os alimentos como arroz, aveia, milho, batata, abóbora e mandioca são importantes fontes de energia e, por isso, devem ser os principais ingredientes das refeições dos idosos. Melhor ainda se o consumo for nas versões integrais.” Para completar, atenção especial para a hidratação: pelos menos 8 copos de água durante o dia.

6- Hobbies

Seja como for, não existe “tarde demais” para se fazer o que gosta. Você sempre se interessou por música, espanhol ou jardinagem? Está na hora de começar! Isso mesmo, se jogue na experiência. Aprender algo novo é a forma mais prazerosa e eficiente de ativar a capacidade de cognição e memória. Atualmente, muitos assuntos e cursos estão disponíveis no youtube e em sites especializados na internet e o melhor de tudo: de forma gratuita.  Agora, provavelmente, você não tem mais desculpas, certo?

7 – Acompanhamento de um Geriatra

Existem médicos especializados em envelhecimento, sabia? Sim, os geriatras. Eles cuidam e tratam principalmente de condições que geralmente assolam idosos, sobretudo, a falta de equilíbrio, os problemas com a memória, a osteoporose, além de outras mais comuns, como a diabetes, hipertensão e até mesmo a depressão – doença cada vez mais comum entre adultos e crianças.

Por isso, o acompanhamento de um especialista é de extrema importância nessa fase, a fim de otimizar os tratamentos e melhorar a qualidade de vida. Ahhh, e os planos de saúde cobrem essa especialidade.  🙂 Em conclusão, e para conhecer as outras vantagens de contratar um plano de saúde, clique aqui.

Gostou da nossa matéria? Então compartilhe esse e outros conteúdos com seus amigos!

O que achou do post? Deixe aqui seu comentário. :)